BRB: audiência pública sobre a Pelo 35/2016 é adiada

Os rumores de que a audiência pública convocada pelos deputados distritais Wellington Luiz, Telma Rufino e Celina Leão para esta sexta (24), visando ao debate sobre a Pelo 35/2016 seria adiada, realmente se confirmaram. Na quinta (23), o Sindicato foi à Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) buscando apurar se realmente isto ocorreria e de fato se confirmou.

Segundo fontes do gabinete de Telma Rufino, a audiência ocorrerá em agosto.
Diante disso, o Sindicato reafirma a necessidade das bancárias e bancários do BRB se manterem mobilizados para a data em que vier a ocorrer esta audiência por ora adiada, e qualquer outra iniciativa visando à discussão da matéria.

“O adiamento não significa que o assunto está vencido. Há uma enorme mobilização por parte de alguns grupos de servidores que defendem ardentemente a aprovação desta Pelo. Mais cedo ou mais tarde, o debate voltará. Por ora, os bancários do BRB ganharam tempo na batalha, mas a luta contra a proposta continua”, afirmou o secretário de Estudos Socioeconômicos do Sindicato, Cristiano Severo, que também é bancário do BRB.

“O trabalho do Sindicato de continuar a busca do diálogo com os parlamentares e também com setores organizados da sociedade continuará, pois não é só contra a Pelo 35/2016 que lutamos. Batalhamos mais do que nunca pela perenização e fortalecimento do BRB banco público”, ressaltou o diretor do Sindicato Daniel de Oliveira, que também é bancário do BRB.

Parecer de relator aponta pela inadmissibilidade

O relator da matéria na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da CLDF, deputado Chico Leite, emitiu seu parecer sobre a Pelo/35. Segundo o texto do parlamentar, que recebeu o Sindicato em audiência na quarta (22) de junho, a Pelo/35 não apresenta os requisitos de constitucionalidade para sua admissão. Desta forma, em seu parecer, Chico Leite sustenta que o referido projeto não deve ter seu trâmite admitido naquele colegiado, a CCJ.

“Importante este parecer do deputado Chico Leite, porém, ele, embora tecnicamente perfeito, pode ser vencido em votação. Por isso é fundamental mantermos a mobilização contra o projeto, absolutamente danoso ao BRB”, destacou o secretário de Bancos Públicos da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Centro Norte (Fetec-CUT/CN), André Nepomuceno, também bancário do BRB.

Da Redação

Powered by the best online poker sites
Saturday the 22nd.